Dra. Luciane Mello | Otorrinolaringologia e Medicina do Sono | Tontura não é sintoma apenas de labirintite
17347
single,single-post,postid-17347,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-6.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Tontura não é sintoma apenas de labirintite





texto2

27 ago Tontura não é sintoma apenas de labirintite

Em alguma vez na vida você já sentiu aquela sensação de como se estivesse ‘flutuando’? Ela é um dos principais sintomas da labirintite, doença que envolve o labirinto, um sistema que reúne os órgãos do ouvido interno. “Outros sintomas como tontura do tipo rotatória, vendo tudo ao seu redor girar, além de náuseas e vômitos podem estar presentes”, comenta a Otorrinolaringologista do Hospital Federal da Lagoa, Dra. Luciane Mello.

É comum a pessoa sentir tonturas e dizer que tem “labirintite”. Na realidade, esse sintoma pode indicar outros problemas que não alterações do ouvido, levando ao tratamento equivocado. “Chiado” no ouvido, sensação de ouvido tampado também podem estar presentes em pacientes com essa queixa. “Quando não diagnosticada corretamente, a tontura pode representar problemas do sistema nervoso central ou alterações metabólicas no organismo, como pressão ou açúcar altos”, destaca a especialista.

Durante a avaliação, o especialista deverá realizar o exame físico do paciente e, muitas vezes, solicitar exames complementares que ajudarão a elucidar a causa específica do sintoma. Assim, o tratamento poderá ser direcionado e mais eficaz.

Outra dica da especialista é restringir o consumo de cafeína e alimentos que agem como estimulantes, como café, chá preto, chocolate e até refrigerantes. Esse tipo de substância agrava o sintoma. Para as pessoas que sentem alguns dos sintomas citados, é recomendável procurar ajuda especializada para indicar quais os melhores tratamentos.